domingo, 24 de abril de 2011

ORTOREXIA, FELIZ PÁSCOA!



Gente,
Estava vendo um programa ontem e me deparei com um termo que ainda não conhecia: ORTOREXIA. É um transtorno alimentar um pouco diferente. Conheço uma pessoa que está assim: tão obcecada em só comer coisas saudáveis que está se isolando e não se permite desfrutar de algumas coisas boas da vida, inclusive a companhia de amigos e familiares por conta disso. Veja a matéria abaixo que encontrei no site www.alimentação saudável.org:

O QUE É ORTOREXIA?

A ortorexia é um transtorno alimentar recentemente diagnosticado, que surge quando a pessoa se torna obsessiva quanto aos padrões daquilo que come. Ao contrário da anorexia ou bulimia, a pessoa permite-se comer, mas fica tão obcecada com o que come que todos os seus pensamentos ficam ocupados com a dieta.
Permitem-se apenas alimentos saudáveis e escrutinam o conteúdo nutricional de cada elemento que ingerem. Calorias, vitaminas e nutrientes tornam-se o ponto focal da comida e qualquer coisa que contenha o mínimo vestígio do que está na lista do “não é permitido” não é consumido.
Embora todos possamos beneficiar ao adoptar esta atitude de forma mais habitual, estes “mártires” levam a obsessão com o conteúdo dos seus alimentos ao extremo, e não se permitem, em circunstância alguma, um desvio do seu programa de tipos de alimentos autorizados.

SINAIS DA ORTOREXIA:

● Examina cada pormenor do que se encontra em cada alimento?
● Só se permite alimentos saudáveis?
● Consegue comer uma refeição preparada por outra pessoa?
● Observa e comenta a maneira como outras pessoas preparam a comida?
● Dá consigo a pensar em conteúdo nutricional durante o dia?
● Preocupa-se ao comer qualquer coisa que possa não ser “boa” para si?
● Perdeu muito peso recentemente sem seguir conscientemente uma dieta

EFEITOS DA ORTOREXIA:

Os ortoréxicos podem ficar seriamente afectados e a comunicação em casa pode sofrer com isso. A pessoa pode começar a isolar-se dos seus semelhantes e tornar-se distante à medida que se vai fixando cada vez mais nas suas regras dietéticas.
Para alguns, a capacidade de desempenhar trabalhos ou de estudar pode começar a declinar, à medida que a sua mente se ocupa cada vez mais com a sua dieta e com os alimentos que são permitidos, como articulá-los no seu dia-a-dia, quantas vezes se devem mastigar e por aí fora. Há tantos factores que envolvem estes transtornos alimentares que os pensamentos podem ficar totalmente ocupados por eles, deixando pouco espaço para outros rumos de ideias e a concentração e a motivação acabam por ficar na retaguarda.

OBTER AJUDA E TRATAMENTO:

Como muitos transtornos alimentares, a ajuda de um profissional é normalmente requerida, assim como os tópicos envolvendo o desenvolvimento da desordem precisarão tanto de tratamento como o bem-estar nutricional da pessoa.
O seu médico poderá indicar-lhe onde encontrar ajuda especializada; outra alternativa será ligar para uma das muitas linhas de ajuda e falar com alguém altamente treinado e familiarizado com todos os diferentes assuntos referentes a transtornos alimentares.
Embora a doença não seja tão conhecida como outros tipos de transtorno alimentar, pode ter o potencial de ser igualmente séria para a saúde e está envolta de problemas semelhantes de controlo de comportamento em relação aos outros transtornos alimentares, e a pessoa irá precisar indubitavelmente de alguma intervenção profissional para ultrapassar o problema.

Acho que o ponto central para nós que queremos obter hábitos mais saudáveis é sempre o equilíbrio, pra mim, o exagero, seja ele qual for, é sempre ruim. Fica a dica!
Uma feliz páscoa para todas vcs e seus familiares!
Bjs no coração e uma ótima semana!

7 comentários:

´´DIARIO DE MACHERRIE´´ disse...

oi amiga
gracinha seu blog
vou te seguir
estamos na mesma luta
tenha uma feliz pascoa
beijo enorme e fique com deus

Belíssima disse...

Acredito que devemos sempre buscar o equilíbrio nas nossa vida, nem sempre conseguimos, mas qdo a questão de emagrecer começa "mexer" com a cabeça é hora de procurar ajuda médica.
Feliz Páscoa!!!

Fabiane disse...

Oi querida.. interessante seu post..nunca tinha ouvido falar sobre isso.. e como a Belíssima disse acima, temos que ter equilibrio nas coisas, tudo em exagero faz mal..
bjss e otima semana!!

Michelle disse...

Oi Lindinha,
Muito interessante...
Feliz Páscoa.
Beijos
Mi

Por Paloma Coelho disse...

oi linda amei a materia, como dizem a diferenca entre o remedio e o veneno eh a dose. bjs e otima semana

Pérolla Yara disse...

oI LINDONA!
BEM INTERESSANTE!!
TEMOS QUE CUIDAR DA ALIMENTAÇÃO, MAS SE VIRAR NADA OBSSESSIVO, AFINAL TUDO DEMAIS É EXAGERO MESMO.
ÓTIMA SEMANA!BJOO

Cacau disse...

Tava lendo sobre isso no findis, terrível né... tudo que vira obsessão deixa de ser saudável.
Ótima semana !!!!

bjssssssss